Posts Tagged ‘palavras’

CITANDO…

Março 6, 2010

‘We are now at a point where we must educate our children in what no one knew yesterday, and prepare our schools for what no one knows yet.’

Margaret Mead

Anúncios

Two Roads

Fevereiro 6, 2010

Two roads

Two roads diverged in a yellow wood,
And sorry I could not travel both
And be one traveler, long I stood
And looked down one as far as I could
To where it bent in the undergrowth;

Then took the other, as just as fair,
And having perhaps the better claim,
Because it was grassy and wanted wear;
Though as for that the passing there
Had worn them really about the same,

And both that morning equally lay
In leaves no step had trodden black.
Oh, I kept the first for another day!
Yet knowing how way leads on to way,
I doubted if I should ever come back.

I shall be telling this with a sigh
Somewhere ages and ages hence:
Two roads diverged in a wood, and I-
I took the one less traveled by,
And that has made all the difference.

Robert Frost (The Road not taken)

 

Citações

Fevereiro 6, 2010

«Computers are incredibly fast, accurate and stupid; humans are incredibly slow, unaccurate and brilliant; together they are powerful beyond imagination

– Einstein –

 

Em homenagem à comunicação

Fevereiro 5, 2010

Homenagem à comunicação

Uma escultura simbolizando a comunicação entre países de línguas diferentes .

Ali podemos encontrar símbolos dos mais diversos.

Encontra-se no centro de Praga.

GLOSSÁRIO DIGITAL

Fevereiro 2, 2010

Literacia digital

Literacia Digital (= digital literacy)

Capacidade de localizar, organizar, compreender, avaliar e criar informação utilizando de um modo independente o computador (as novas tecnologias); requer conhecimento prático da alta tecnologia corrente e compreensão do modo como pode ser usada; inclui a capacidade de solucionar problemas, de adaptar-se a novas situações, de manter a informação organizada, de comunicar com outras pessoas, que desenvolveram essas mesmas capacidades que lhes permite comunicar e trabalhar com mais eficiência.

O seu domínio pode ser confirmado através de certificados e todo aquele que interage com a sociedade utilizando esta capacidade é denominado ‘cidadão digital’.

http://en.wikipedia.org/wiki/Digital_literacy 

Customization

Personalização (= customization; personalization)

Possibilidade oferecida ao utilizador para alterar, acrescentar, remover características nas páginas pessoais das plataformas sociais, com o fim de as adequar ao seu gosto pessoal. MySpace permite aos seus utilizadores personalizar a visualização com HTML; Facebook permite aos utilizadores adicionar várias aplicações aos seus perfis; Second Life permite aos utilizadores criar os seus ‘avatars’ (imagens virtuais).

http://www.digitalnative.org/wiki/Glossary#Personalization_.28Customization.29 

Propriedade intelectual

Propriedade intelectual (= intellectual property)

Propriedade que decorre do trabalho da mente (do intelecto) e que pode ser uma ideia, uma invenção, um processo, uma fórmula, uma aplicação, etc.

Propriedade que engloba as criações do conhecimento humano; a sua protecção permite o direito exclusivo da valorização económica do conhecimento, durante um determinado período e numa determinada zona geográfica, de uma forma que assegura a integridade institucional das organizações no contexto de estratégias adequadas de transferência de tecnologia.

A propriedade intelectual apresenta duas categorias: direito autoral e propriedade industrial. Pertencem ao direito autoral as obras literárias e artísticas, programas de computador, domínios na internet, etc.; à propriedade industrial pertencem as patentes, marcas, desenho industrial, etc.

A preocupação com a tutela dos direitos de autor de obras intelectuais é bastante recente; na Antiguidade e na Idade Média as dificuldades inerentes aos processos de reprodução dos originais já exerciam, eles próprios, o controle da divulgação de ideias (lembre-se a função dos copistas).

Ver também: Código dos direitos de autor e dos direitos conexos

http://galtec.ist.utl.pt/html/intelectual/ 

http://en.wikipedia.org/wiki/Intellectual_property 

Rede sem fios

Rede sem fios (= wireless network)

Tecnologia que permite a emissão de ondas sem necessidade de fios, de modo a que o dispositivo da ‘internet’ possa receber e enviar dados sem quaisquer ligações físicas.

http://www.digitalnative.org/wiki/Glossary#Wireless_Network 

RSS reader

Leitor de RSS (= RSS reader)  

Programa informático que reune os textos dos ‘sites’ preferidos do utilizador num só ‘écran’ (como num e-mail) e avisa esse mesmo utilizador quando são publicadas novidades na internet. Os ‘sites’ são escolhidos e agregados pelo utilizador, que poderá acessar textos de todos esses ‘sites’ a partir de um único ponto, sendo mais prático do que conferir ‘site’ a ‘site’ a publicação, ou não, de novos assuntos.

O Google Reader é um desses leitores. Para ser utilizado basta acessar o ‘site’, registar-se e começar a usar, cadastrando os ‘sites’ preferidos.

RSS (Really Simple Syndication) é um subconjunto de dialectos XML que permite agregar conteúdo, podendo ser acessado por meio de programas agregadores; a tecnologia do RSS permite aos utilizadores da internet inscreverem-se nos ‘sites’ que fornecem ‘feeds’ RSS. O ‘feed’ ,por sua vez, é um formato de dados usado em forma de comunicação com conteúdo actualizado frequentemente.

http://en.wikipedia.org/wiki/RSS_reader 

http://pt.wikipedia.org/wiki/RSS 

User base

Base de utilizadores (= user base)

Estimativa do número de utilizadores de um sítio na ‘web’. A maior parte desses utilizadores possuem uma conta. O número de visitantes por dia é uma medida de desempenho muito utilizada e que permite constatar que quanto maior é a estimativa e o número de membros, tanto mais apelativo o sítio se torna para utilizadores, investidores e publicitários.

http://www.digitalnative.org/wiki/Glossary#User_Base 

YouTube

Youtube (= YouTube)

‘Site’ criado em 2005, permite aos seus utilizadores carregar e compartilhar videos em formato digital; utiliza o formato ‘Adobe Flash’ para disponibilização de conteúdos; hospeda uma grande variedade de filmes, videoclips e materiais caseiros; disponibiliza conteúdo para ‘blogs’ e ‘sites’ pessoais através de mecanismos desenvolvidos pelo próprio ‘site’ por meio de um interface de programação de aplicativos (API); com um interface de fácil utilização, possibilita a qualquer utilizador de computador (cidadão digital) ‘postar’ na Internet um video que milhões de pessoas em todo o mundo poderão visualizar; disponibiliza grande variedade de temas, o que torna o compartilhamento de video uma das facetas culturais mais importante no mundo da Internet; os utilizadores não registados podem ver os vídeos, enquanto os utilizadores registados têm, também, a possibilidade de publicar os seus próprios videos.

Apesar de terem a lei a seu favor, podem ser encontrados neste ‘site’ grandes quantidades de materiais protegidos por ‘copyright’.

Curiosidade: No dia do 3º aniversário comemorando a sua aquisição pela Google, Chad Hurley comunicou num ‘blog’ que o YouTube alcançava mais de 1 bilião de visualizações diariamente.

http://en.wikipedia.org/wiki/YouTube 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Youtube